Música na minh’alma

Blog Writings, Metaforicamente e outros poemas

Quero sentir-te,
Fundir-me contigo, ser tu
Porque só quando estás comigo sei que sou Eu
Só quando vens de dentro de mim,
Sinto-me Eu.

Vida não poderia ter sem ti,
Existo para cantar, canto para existir.

Matem-me!
Deixem-me despedaçar-me e transformar-me,
Finalmente em música poderia tornar-me!

Tenho um esconderijo
Dentro da minha cabeça.
É tão profundo,
Que da minh’alma deve vir,
E quando consigo abrir a sua porta,
Sai música lá de dentro.

 


Escrito em 2008 e editado em 2011, a minha musicomania (desde cedo) declarada. De: Metaforicamente e outros poemas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s